Apple terá como desafio manter carisma do CEO

Steve Jobs

Após a morte do fundador da Apple, a empresa terá que humanizar seu CEO. Afinal, Steve Jobs era a cara da Apple e vice-versa. Muitos devem estar se perguntando qual será o destino da Apple. Com um estilo carismático e próprio, Jobs foi cardinal para a Apple e uma estrela da mídia capaz de gerar publicidades com a própria imagem. Qual garoto propaganda seria melhor que ele mesmo – sempre vestido de preto e gola rolê, criando uma identificação tão rápida com a marca?

Jobs foi revolucionário e conquistou o mundo para a Apple. A repercussão de sua morte é prova disso. Consumidores, ou melhor fãs, prestaram homenagem em todos os cantos do mundo. O primeiro sentimento foi o de perplexidade, mesmo sabendo que Jobs vinha já há algum tempo lutando contra o câncer. Personalidades da tecnologia e da política mundial também se manifestaram.

Para o estrategista de marketing digital, Gabriel Rossi, Steve Jobs sempre foi muito mais relações públicas. E agora o grande desafio da Apple será ter um CEO com essas características. “A Apple conhece muito bem o mercado e sabe como ele se movimenta. Também não precisa de inovação. Estes dois aspectos nunca foram problemas para a Apple. O grande desafio será humanizar seu CEO para que ele possa garantir a continuidade do trabalho realizado por Jobs durante anos. Sempre conectado com o estilo de vida dos consumidores”, avalia o estrategista.

Rossi lembra ainda que na era digital as marcas pessoais se sobressaem das marcas corporativas. Jobs, como um bruxo, previu que este era o caminho a ser percorrido, mesmo antes da criação das redes sociais. E com esta visão de futuro, ele deixou um legado fundamental para a Apple. “Ele contribuiu para a inocuidade de marca, ou seja, a Apple ganhou tamanha força, relevância e credibilidade que os seus consumidores até permitirão alguns deslizes da empresa até que se ajuste novamente”, ressalta.

Fonte: Portal Jovem Pan Online – 06/10/2011


Postado em Na mídia, news | Tags: , , , , , ,

Comentários Facebook: