Artigos

Com foco no conhecimento avançado do marketing moderno, a Gabriel Rossi Consultoria mantém uma cultura de análise, constante aprendizado e exposição de idéias diferenciadas e relevantes para o mercado. Gabriel Rossi é articulista para os principais canais de marketing, como Mundo do Marketing e InteligeMcia (MADIAMUNDOMARKETING), e para jornais como Diário do Comércio e O Estado de São Paulo, inclusive em parceria como o cientista político Aldo Fornazieri.

Gabriel Rossi no Mundo do Marketing
Gabriel Rossi no O Estado de São Paulo
Gabriel Rossi no iMasters
Gabriel Rossi na Inteligemcia
Gabriel Rossi na Nós da Comunicação
Gabriel Rossi no Eco Desenvolvimento
Gabriel Rossi no Observador Político
  • A importância das redes sociais para o 2º turno. Mas os candidatos sabem usar as redes sociais? Com 346 milhões de interações (comentários, curtidas e compartilhamentos) no Facebook, referentes ao processo eleitoral 2014, o Brasil torna-se o campeão no número de interações, relacionadas a este tema, superando a Índia. Destaca-se, que o número de brasileiros aptos a votar esta acima de 142 milhões, entretanto no período contabilizado a partir de 6 de…
  • “Na política, quando você hesita, é um pecado capital” afirmou Gabriel Rossi, para o Jornal O Globo. Em um momento delicada e decisivo nas campanhas eleitorais, há menos de um mês das eleições, todo o cuidado é pouco e toda ação ou reação, deve ser estudada com cautela, afim de, se evitar uma percepção negativa por parte do eleitor. Sobre este assunto, nosso especialista em Marketing Político Eleitoral, Gabriel Rossi, afirmou que…
  • Jornal Correio Braziliense publica artigo de Gabriel Rossi sobre Big Data Eleitoral Gabriel Rossi, estrategista de marketing, ganhou espaço no jornal Correio Braziliense com um texto sobre o uso inteligente da web nas eleições deste ano. A utilização pertinente do chamado Big Data, armazenamento em massa de dados, pode ser decisivo nas urnas em 2014, segundo o estrategista. No artigo, Rossi cita exemplos da eficácia do Big…
  • Marketing pessoal, charlatões e os missionários digitais Gurus de motivação, psicólogos, “especialistas” da internet, consultoras de moda e profissionais de recursos humanos são os formadores de opinião sobre construção de marca pessoal no Brasil. Na minha opinião, isso soa estranho, irresponsável e cômico, pois estão falando sobre tudo. Porém, não estão adotando e nem ensinando marketing/branding.  Este tipo de trabalho não passa…
  • O marketing exposto no museu No Louvre, em Paris, a Monalisa. No Metropolitan de Nova York, a Anunciação, de Botticelli, ou a Virgem com o Menino, de Giovanni Bellini. No British Museum, em Londres, as máscaras africanas e as pinturas chinesas. Exemplos de obras que tornam os três maiores museus do mundo visitas obrigatórias a quem chega ou vive em suas cidades.…
  • O marketing vai muito bem, obrigado, senhor Kevin Roberts Kevin Roberts com certeza construiu a imagem que tem com alguns acertos na carreira. Mas desta vez suas palavras vão na contramão de tudo que já produziu profissionalmente. Sem meias palavras, exagerou e se entregou ao modismo. Ele passa. O marketing não.
  • Amar a profissão não significa trabalhar de graça! Autor: Gabriel Rossi O que falar daqueles pseudoclientes, ‘colegas' e ‘parceiros' que insistem em inventar historinhas mequetrefes para conseguirem consultoria gratuita ou obterem informação de mercado aos seus respectivos negócios/projetos? É rasteiro! É nauseabundo! Absolutamente covarde.  Amar a profissão não significa trabalhar de graça! Chega de graça! Trabalhar pressupõe uma relação financeira. Não existe almoço…
  • A hora e a vez das mulheres Não é de hoje e não é mais novidade que, cada vez mais, as mulheres estão à frente de cargos estratégicos dentro das corporações. Atualmente elas tomam decisões de alto comando que influenciam não apenas as estratégias das empresas em relação ao mercado, mas elas também são peças sine qua non do processo de reorganização cultural em tempos de macrotransição como este que…
  • As duas faces do Marketing de políticos eleitos Fernando Haddad, Márcio Lacerda e Artur Virgílio. Não importa a filiação partidária, os interesses ou até os pontos de vista. O que os três prefeitos – de São Paulo, Belo Horizonte e Manaus – têm em comum é a maneira anômala de tratar o eleitor antes e depois da eleição. Na área da comunicação, por…
  • Ainda não é a vez da China Não é novidade que a China cresce, e muito, economicamente. Há alguns anos deixou de ser o país do futuro e já virou realidade. Mas será que esse aumento de dinheiro se traduz, ou se traduzirá, em liderança global?

Veja mais…